terça-feira, 18 de outubro de 2011

Por que sempre precisa ser bom ou ruim?

Nós temos uma tendência a sempre julgar qualquer coisa como boa ou ruim, como melhor ou pior. É algo quase automático e que acontece de forma inconsciente. 
Mas nem sempre algo tem necessariamente que ser bom ou ruim, melhor ou pior.
Quando se tenta definir se algo é melhor ou pior, a situação é ainda mais delicada. Pois, nesse caso, o julgamento ocorre sempre em forma de uma comparação entre A e B pra saber quem ou o que é melhor ou pior. E tem mais um detalhe: pra se fazer qualquer comparação, nós sempre usamos parâmetros ou conceitos pré-concebidos. Quer dizer, usamos "pré-conceitos". Esse tipo de reação ou comportamento às vezes torna a nossa vida pesada demais. É algo desnecessário, evitável ou simplesmente dispensável.
Mas será que, em muitos casos, as coisas não podem ser simplesmente diferentes?
Nem sempre é uma questão de ser bom ou ruim, mas apenas de ser diferente. Nem sempre algo ou alguém precisa ser melhor ou pior, mas apenas diferente. Isso é fato. Agindo assim, a nossa vida fica mais leve.

Um comentário:

  1. vc parece comigo tem momentos nossos...quero trocar email com vc...

    ResponderExcluir